Como fazer a padronização de frota?

Se você já reconhece a importância de uma boa integração da logística com o setor de marketing para otimizar as vendas e entregas de uma empresa, certamente, vai concordar que a padronização de frota pode ser mais um fator de vantagem nesse quesito para o negócio.

Isso porque a estratégia tem como um dos objetivos fortalecer e promover a marca da organização por meio de seus veículos.

Quer saber mais sobre essa prática comum entre várias empresas? A seguir, destacamos as suas principais vantagens e sugestões sobre como implementá-la em sua rotina. Acompanhe.

Afinal, o que é a padronização de frota?

Como o próprio nome já sugere, a padronização de frota é uma estratégia buscada por empresas para criar uma identidade única e padrão para todos os seus equipamentos de logística, em especial os veículos que compõem a sua frota.

Ou seja, a ideia é criar um modelo exclusivo e que seja capaz de representar a identidade daquela marca através de um processo principalmente estético, mas que também pode envolver questões operacionais.

Afinal, a padronização da frota não se limita apenas a personalizar os carros da empresa, mas também pode passar pela escolha estratégia de modelos mais eficientes, treinamentos nivelados para todos os colaboradores, políticas de condução etc.

Tudo isso, somado à uma personalização estética dos veículos, pode contribuir para a percepção de uma imagem mais forte e referenciada no mercado.

Em questões de personalização dos veículos, o que prevê a lei?

Quando falamos de padronização de frota, está inclusa a personalização dos veículos. Apesar de não ser a única estratégia a ser implementada neste processo, ela é uma das mais importantes para a criação de uma identidade visual.

Porém, até onde a lei permite "modificar" a estética original do carro no Brasil? O Detran é o órgão nacional que define todas as regras sobre automóveis no país.

Assim, em relação à personalização de veículos, a instituição prevê algumas exigências básicas por meio da Resolução nº 292, como, por exemplo, a proibição de pinturas ou adesivos em partes específicas, tais como o para-brisas e outros vidros dianteiros.

No geral, é possível personalizar o veículo quase que por inteiro, sem acarretar riscos à segurança e ao desempenho do carro, e claro, sem gerar problemas com possíveis vistorias e fiscalizações.

Quais são as vantagens da padronização da frota?

Dentre as vantagens da padronização de frota, podemos destacar:

Fortalecimento da marca

Como vimos, um dos principais objetivos em relação à padronização de frota é a promoção e divulgação da marca por meio de seus veículos.

Logo, essa estratégia pode contribuir para o fortalecimento da imagem da empresa no mercado, ajudando, assim, a promover sua marca por onde as suas entregas passam.

Comunicação

Outra questão a ser levada em consideração neste processo de padronização dos veículos da sua logística é a comunicação.

Afinal, isso também conta como estratégia de fortalecimento da marca, podendo levar às ruas mensagens e imagens mais marcantes que identificam a empresa e o público.

Em outras palavras, a personalização de sua frota pode ir muito além do logotipo e nome da empresa, mas também carregar ideias e inspirações que façam algum tipo de link com a imagem de seu negócio.

Ou seja, é como utilizar seus veículos como forma de outdoors para transmitirem uma comunicação com o público.

Redução de custos

Como destacamos, a padronização de frota não deve se limitar unicamente à personalizar os veículos. É também possível — e estratégico — buscar vantagens operacionais nesse processo.

Por exemplo, ao escolher veículos semelhantes e de uma única linha para a composição de sua frota, isso pode acarretar na redução de custos em relação à manutenção, por exemplo.

Além disso, a personalização de todos os carros pode se tornar também mais econômica, tendo em vista que os insumos utilizados (adesivos, pinturas, acessórios etc.) serão basicamente os mesmos para toda a frota.

Proteção ao veículo

Ao personalizar seus caminhões com adesivos ou envelopamentos, automaticamente, você também está criando uma proteção extra à lataria do veículo.

Sendo assim, ainda que este não seja o objetivo principal da personalização, deve ser considerado um fator benéfico para a frota.

Por que essa estratégia deve estar atrelada ao setor de marketing?

Em diferentes aspectos, a integração do marketing com a logística pode ser fator crucial para o desempenho de suas entregas, como destacado no vídeo a seguir.

No entanto, no caso da padronização de frota, isso pode ter um peso ainda mais importante para os objetivos de uma campanha de marketing.

Afinal, como destacamos, seus veículos poderão servir como espécies de "outdoors" móveis para a empresa e, portanto, a sua equipe de criação e de marketing tem um papel fundamental dentro deste processo.

Assim, vale destacar as seguintes estratégias que podem ser implementadas neste tipo de integração: 

- Analise as características e perfis de públicos em cada região atendida pelos veículos;
-
Busque uma melhor harmonização de cores, imagens e textos;
- Invista em ideias que possam reforçar e destacar os diferenciais logísticos da empresa e da marca;
- Trabalhe bem a identidade visual, de forma clara e objetiva;
- Entenda qual tipo de operação logística é realizada com cada veículo antes de definir a identidade visual dele.

A padronização só pode ser feita com frotas próprias?

Não é uma regra, mas, certamente, possuir uma frota própria de veículos em sua logística vai facilitar este processo de padronização.

No entanto, há exemplos reais de empresas que conseguiram realizar este procedimento por meio de parceiros terceirizados.

Dessa forma, durante a negociação com suas transportadoras, é possível avaliar a possibilidade de dedicar veículos exclusivos para a sua empresa e, assim, buscar trabalhar uma identidade visual que remeta à sua marca, mesmo que os veículos não sejam de sua propriedade.

E como realizar essa padronização na prática?

A padronização de frota pode ser implementada de diferentes formas, desde a simples personalização estética de todos os veículos, até um processo mais amplo e estratégico, como a escolha de modelos iguais de automóveis.

E para exemplificar melhor este processo, confira dicas sobre como aplicar uma padronização em sua frota.

Identidade visual

O primeiro passo para a padronização de frota é definir a identidade visual que os veículos carregarão.

Logo, mais uma vez, é importante reforçar a integração da logística com a equipe de marketing, buscando entender as necessidades e características de cada operação.

Até mesmo quando a ideia for única para personalizar os veículos com logomarcas, é fundamental avaliar antes essas características.

Modelos de veículos

Uma estratégia muito importante para a padronização de suas frotas é a definição e escolha de modelos iguais para seus veículos.

Isso vai muito além de uma questão estética, inclusive, podendo trazer vantagens a nível operacional, e até redução de custos e manutenções.

Ou seja, quando a frota é padronizada com modelos semelhantes, a personalização estética se torna mais simples, fácil e econômica e, no que tange aos benefícios operacionais, fatores como troca de peças, consertos, gestão de custos, consumo de combustíveis, entre outros, podem também ser otimizados.

Treinamento de motoristas

Vale reforçar a ideia de que a padronização de frota não deve se limitar unicamente a uma estética visual, mas também englobar outros diferenciais.

Por exemplo, os próprios motoristas e ajudantes também devem fazer parte direta deste processo, como por exemplo: 

- usar de uniformes;
- fazer atendimentos personalizados;
- ter condução adequada;
- prezar pela segurança no transporte;
- cuidar com a forma de armazenamento e manipulação das cargas;
- garantir qualidade dos atendimentos.

Assim, capacitar e treinar frequentemente seus colaboradores é fator essencial e que tem uma ligação direta com a padronização de frota, podendo fortalecer ainda mais a sua imagem e reforçar a identidade que a marca pretende carregar nas entregas.

Avaliação de custos

Ao buscar a padronização de sua frota, é preciso avaliar o custo deste processo, antes de qualquer decisão.

Assim, todas as etapas precisam ser levadas em consideração: 

- a escolha do modelo dos veículos (preços de compra, manutenção, consumo etc.);
- o tipo de personalização (custos de pintura, envelopamento, adesivos, acessórios etc.);
- a complexidade da campanha (se a ideia é apenas identificar os veículos com a marca, se é para tornar os caminhões verdadeiros "outdoors", se é para transmitir mensagens e imagens etc.);
- o tamanho da campanha (se a padronização de frota será completa ou parcial, temporária ou definitiva etc.).

Ouça o MáximaCast abaixo e confira o passo a passo para reduzir o custo de manutenção da frota

Objetivo e propósito

Como falamos, um dos principais objetivos da padronização de frota logística é a criação de uma identidade visual única e exclusiva da empresa por meio de seus veículos.

No entanto, como também visto, esse não é o único motivo que leva as empresas a padronizarem seus carros. É possível também agregar valores estratégicos e operacionais com esta prática.

Por isso, é muito importante avaliar esses pontos e definir, de fato, quais são os objetivos buscados nessa padronização.

Por exemplo, se a ideia é economizar combustível, a escolha de modelos específicos de carros pode ser uma estratégia fundamental e, portanto, deve ser levada em consideração na hora de padronizar a frota.

Por outro lado, se a ideia é apenas carregar a imagem da empresa nas entregas, a simples personalização estética já pode ser suficiente.

Comunicação efetiva

A padronização da frota também está atrelada ao tipo de mensagem e imagem que a sua empresa quer carregar por meio de seus veículos.

Por isso, muito além do logotipo e nome da organização, é possível trabalhar uma identidade exclusiva através de ideias, imagens, cores, características e frases, por exemplo.

Isso é trabalhado de diferentes formas e por diferentes empresas nos mais variados aspectos. Por exemplo, marcas como Nubank, Mcdonald's, Itaú, Oi, Hortifruti, entre outras, são exemplos práticos de companhias que trabalham campanhas de marketing objetivas e marcantes, que nem sempre precisam carregar o nome ou logomarca. Ou seja, só de olhar, o público já reconhece e identifica!

E isso pode ser também implementado e trabalhado no visual de sua frota, como ocorre com empresas do tipo Fedex, Correios, Mercado Livre etc. Não precisa ter nada escrito nestes veículos, pois automaticamente já reconhecemos de longe, concorda?

Eficiência operacional

Por fim, a padronização de frota deve carregar consigo eficiência, seja na transmissão da identidade visual criada, seja em questões operacionais.

Em outras palavras, é fundamental que esta estratégia consiga levar a comunicação adequada por meio dos veículos e, ao mesmo tempo, tenha suas operações realizadas de forma eficaz.

Caso contrário, problemas como entregas atrasadas, erros na distribuição, devoluções, reclamações de clientes, entre outros, também serão atrelados àquela imagem e, portanto, trarão efeitos negativos e indesejados para a sua marca.

Em resumo, essas são algumas dicas e conselhos essenciais sobre a importância e como implementar a padronização de frota em sua empresa.

Curtiu o post? Quer mais dicas para a sua gestão de frotas e para a sua logística? Então, aproveite para descobrir 6 sinais básicos de que é hora de fazer a manutenção em seus caminhões. Boa leitura!

OnBlox é uma empresa de desenvolvimento de softwares para gerenciamento logístico.

Deixe seu Comentário

Informações

Se você deseja conhecer mais sobre nossos produtos, ou simplesmente fazer uma visita ao nosso escritório, fale conosco através do formulário de contato.