Por que o óleo para motor de caminhão merece a sua atenção?

Essencial para o funcionamento adequado do veículo, o óleo para motor de caminhão é um tema, muitas vezes, deixado de lado. Entretanto, é ele um dos responsáveis pelo melhor desempenho desse ativo.

Quando utilizado de acordo com as especificidades do automóvel, considerando fatores como a viscosidade, por exemplo, a tendência é que o atrito entre as peças seja amenizado e, consequentemente, o desgaste seja menor.

Isso sem citar outros benefícios de usar o óleo certo, como manter a temperatura do motor sob controle, e até eliminar a sujeira provocada pela combustão. Mesmo a proteção contra a oxidação e contra o vazamento do lubrificante devem ser destacadas entre essas vantagens.

Em resumo, o óleo para motor de caminhão é um elemento essencial para quem trabalha com esse tipo de veículo. Por isso, saiba mais sobre ele e como escolher o certo para a sua frota.

A importância do óleo para motor de caminhão em frotas

Quando o óleo correto é utilizado e sua troca é feita de maneira regular, a tendência é que o caminhão tenha maior vida útil.

Agora, pensando em quem lida com uma frota, compreender a importância do óleo para motor de caminhão e criar meios para fazer o bom uso desse elemento é algo estratégico. Até porque, neste caso, qualquer benefício para uma máquina se converte em solução para o conjunto delas.

O detalhe é que cada motor precisa de uma atenção especial. É por isso que diferentes marcas apresentam soluções distintas em termos de viscosidade e durabilidade do óleo.

Sabendo escolher o ideal, você tem como garantir benefícios para a sua empresa, tais como:

  • evitar problemas mecânicos ao longo das viagens;

  • melhorar o desempenho dos veículos;

  • prevenir desgastes;

  • enfrentar horas no trânsito com maior segurança;

  • rodar quilômetros sem precisar fazer muitas paradas.

Pense na sua frota como um dos ativos mais importantes da sua empresa. Dessa forma, criar meios para evitar que os procedimentos de reparo apareçam antes da hora é algo extremamente importante.

Usando o óleo para motor de caminhão correto e trabalhando com critérios, a tendência é que os procedimentos de manutenção ocorram sempre de forma preventiva, diminuindo significativamente as ações corretivas. Isso gera um ganho para a sua empresa em termos econômicos.

Assista ao MáximaCast abaixo e veja como ser um gestor de frotas de sucesso

Tipos de óleo para cada componente do caminhão

É necessário compreender a importância do uso do óleo correto para cada componente do caminhão. Em especial, para: motor, o câmbio e a transmissão.

Óleos para o motor

Com um óleo para motor de caminhão de acordo com as especificações de fábrica, você tem como garantir a limpeza adequada do motor. Além disso, é possível proteger seus componentes contra a oxidação e diminuir o risco de superaquecimento do motor.

No caso do motor, o importante é saber que óleos lubrificantes são essenciais para dar maior fluidez ao maquinário. Isso afeta o desempenho dos veículos, especialmente os mais pesados.

Óleos dessa natureza podem ser minerais ou sintéticos, que se diferenciam, basicamente em função da presença de aditivos provenientes de outros componentes. Em resumo, os minerais são resultado do refinamento básico do petróleo, o que faz com que o óleo seja mais barato e que tenha menor durabilidade.

Já os sintéticos, por sua vez, são resultado de uma combinação entre óleo mineral e aditivos químicos. Dessa mistura é possível chegar a uma solução mais sofisticada e durável. Consequentemente, o produto final é mais caro.

Óleos para câmbio e transmissão

Além disso, é preciso considerar os benefícios dos óleos para o câmbio e a transmissão, até porque eles também são fundamentais para que o veículo tenha um bom desempenho no seu uso e isso se reverta em benefícios para a empresa.

No caso do primeiro, o câmbio, o óleo para motor do caminhões permitem maior eficiência na transmissão de força, ganho de resistência no suporte de cargas maiores e proteção em relação ao desgaste das engrenagens do caminhão.

Já no caso da segunda, a transmissão, os óleos adequados reduzem os custos operacionais, aumenta a vida útil das vedações e a capacidade de o veículo suportar cargas mais pesadas, além de prolongar a vida útil de engrenagens e rolamentos, o que impede a formação de resíduos.

Como funciona o motor de caminhão

Diferentemente do que acontece com outros veículos, como os automóveis, por exemplo, que contam com motores flex, os motores a diesel são os predominantes nos caminhões. Isso porque são soluções que permitem a eles maior eficiência e economia em função de uma rotação mais baixa.

A ideia é que o motor queime combustível a partir da energia que é liberada pela compressão do ar. Assim, é possível que existam adaptações para que o motor funcione com óleo diesel, gás natural, além de gasolina de alta octanagem.

A questão é que com o motor a diesel a durabilidade costuma ser maior, o que traz benefícios em termos de rendimento e manutenção.

É por isso que vale a pena considerar formas de fazer com que esse funcionamento seja mais adequado. Com a escolha do óleo para motor de caminhão certo você otimiza o funcionamento do motor e previne problemas que são comuns em veículos mais pesados, como o desgaste das peças que compõem as engrenagens.

Clique aqui e confira 5 dicas para escolher as melhores peças para o seu caminhão!

Vale lembrar que trocar os óleos do caminhão com frequência é essencial para o veículo. Entretanto, alguns motoristas fazem isso com mais frequência do que outros. O motivo muitas vezes está na escolha errada da solução a ser destinada para o veículo. A coloração e o aspecto do óleo para motor de caminhão que sai ajudam a avaliar isso. Quando eles apresentam excesso de resíduos e sujeiras, pode ser sinal de irregularidade com os ímãs no motor.

A composição de um óleo de qualidade para o motor a diesel

Existe uma forma de definir se o óleo para motor de caminhão a diesel tem qualidade. E isso diz respeito aos componentes que integram a solução. O ideal é que esses componentes sejam desenvolvidos de forma a oferecer as propriedades ideais para o melhor funcionamento daquele tipo de motor específico.

Em resumo, precisamos ter atenção a 5 elementos, que são os antioxidantes, os detergentes, os anticorrosivos, os antiespumantes e os antidesgastantes. Saiba mais sobre cada um deles na sequência.

Os antioxidantes

São elementos que trabalham para evitar que as moléculas oxidem no óleo diesel. Com eles, o risco de a estrutura do motor ser danificada acaba sendo consideravelmente menor. Isso acontece porque sua função é justamente evitar a perda de elétrons. Consequentemente, eles são indispensáveis no óleo para motor de caminhão.

Os detergentes

Substâncias detergentes são composições criadas em laboratório com o objetivo de promover a limpeza a partir de uma ação chamada de emulsificante. Na prática, detergentes dissolvem substâncias. É o que eles fazem para lubrificar o motor. Consequentemente, isso auxilia na movimentação das peças, eliminando o atrito e fazendo com que a estrutura funcione da maneira mais adequada possível.

Os anticorrosivos

Outro elemento fundamental é o aditivo anticorrosivo, que atua para que o óleo diesel não corroa os materiais presentes no motor. Esse risco é especialmente maior em relação ao metal. Por esse motivo, os anticorrosivos são tão importantes, já que eles conseguem formar uma camada protetora capaz de eliminar agentes ácidos, impedindo a corrosão.

Os antiespumantes

Como o próprio nome sugere, são compostos que conseguem evitar a formação de espuma. E por que isso é importante? Porque devido à sua movimentação, o óleo diesel naturalmente forma espuma, o que pode comprometer a sua eficiência no motor. Agindo contra isso, os antiespumantes permitem que o funcionamento se dê de maneira adequada e esse comprometimento não aconteça.

Os antidesgastantes

O que esse tipo de aditivo faz de especial é atuar para que o contato entre metais não aconteça. Vale lembrar que este é um problema bastante comum em veículos como os caminhões. Dessa forma, os antidesgastantes impedem que as peças sejam danificadas devido ao atrito constante. Essa é uma forma de manter a eficiência do sistema.

Que tal reduzir seu custo com frotas ainda esse ano? Baixe nosso material gratuitamente!

Dicas para acertar na escolha do óleo para motor de caminhão

E o que fazer para garantir que a sua frota contará sempre com as soluções adequadas para o trabalho no dia a dia? Como garantir que cada elemento presente nos veículos da sua empresa esteja realmente em dia com as demandas dela?

É válido, tanto quanto entender a importância do óleo para motor de caminhão, fazer uso das estratégias certas para inserir esse elemento na realidade do seu negócio. Se isso parece interessante para você, então atenção às informações a seguir. Com elas você poderá escolher a solução certa para o seu veículo e terá como trabalhar no ganho de vida útil para ele. Considerando o trabalho com uma frota de caminhões, elas tendem a ser valiosas.

1. Verifique as especificações do seu veículo

Não tem segredo. É importante seguir à risca o que diz o manual do proprietário. Entre outras informações ali presentes estão especificações a respeito do óleo para motor de caminhão.

Essa recomendação precisa ser considerada, já que nenhum modelo de veículo vai para a rua sem antes ter sido submetido a pesquisas e testes. Por isso é bom confiar. As montadoras investem tempo e dinheiro para definir essas especificações. Sendo assim, nada mais recomendável do que respeitar suas indicações a respeito de períodos de manutenção e soluções a serem utilizadas.

Empresas que têm muito tempo de estrada costumam cometer o erro de apostar demais nas suas práticas de rotina. Quando isso acompanha a desatenção em relação ao que estabelecem as fabricantes, a tendência é que os problemas apareçam. E, o que é pior, mesmo os evitáveis podem virar uma "bola de neve". Por isso, não brinque com os veículos da sua empresa. Procure sempre acompanhar o que for estabelecido pela fábrica.

2. Atenção à viscosidade dos lubrificantes

É necessário saber qual será a fluidez do óleo a uma certa temperatura. Tecnicamente, chamamos isso de viscosidade. Motores de caminhões precisam dos chamados óleos multiviscosos. Eles aumentam a vida útil do motor porque a alta fluidez em temperaturas mais baixas provoca um efeito no qual o óleo alcança mais rapidamente as diferentes partes que precisam ser lubrificadas no ato da partida. Isso diminui o desgaste.

Outro motivo: o óleo para motor de caminhão deve formar uma película espessa. Ela, sob altas temperaturas, precisa minimizar o contato entre os componentes móveis do motor quando o veículo está em uma maior velocidade. Isso maximiza a durabilidade do conjunto.

Em resumo, esse tipo de solução permite que você rode mais e amenize os impactos de rotina na parte interna do caminhão. Consequentemente, ele será protegido, de forma que você perceberá os benefícios especialmente no longo prazo.

3. Confira as classificações

Os óleos básicos de motor podem ser de tipo:

  • mineral;

  • sintético;

  • semissintético.

Dizemos que algo é sintético quando é produzido em laboratório, de maneira não natural. Assim, os óleos tidos como semissintéticos têm ao menos 10% de óleos básicos de tipo sintético na sua composição.

No geral, existem 4 tipos de óleo diesel. São eles:

  • o S 10, que apresentam 10 mg de enxofre por kg de óleo;

  • o S 50, com 50 mg de enxofre por kg de óleo;

  • o S 500, com 500 mg de enxofre por kg de óleo;

  • e o S 1800, com 1800 mg de enxofre por kg de óleo.

É preciso ter atenção a essa classificação para evitar riscos para o seu veículo. Caminhões mais novos geralmente apresentam menor resistência a óleos com elevados níveis de enxofre. Por isso, recomenda-se que neles sejam usados o S 10. Para veículos mais antigos, fabricados no máximo até 2012, vale a pena o diesel comum, ou S 500.

Enfim, tenha atenção ao óleo para motor de caminhão na sua frota. Esse pode parecer um elemento que não tem tanta importância, mas considerando os impactos no seu conjunto de ativos, um cuidado maior tem o potencial para fazer uma grande diferença.

Entendeu agora como escolher o óleo para motor de caminhão do jeito certo? Então confira também o nosso passo a passo para realizar a gestão de multas dos caminhões.

OnBlox é uma empresa de desenvolvimento de softwares para gerenciamento logístico.

Deixe seu Comentário

Informações

Se você deseja conhecer mais sobre nossos produtos, ou simplesmente fazer uma visita ao nosso escritório, fale conosco através do formulário de contato.