6 dicas para fidelizar clientes na sua distribuidora

Fidelizar clientes é parte essencial dentro da estratégia de qualquer empreendimento. E o que sustenta essa tese é a famosa frase do “pai do marketing”, Philip Kotler, que diz que conquistar um novo cliente pode ser entre 5 a 7 vezes mais caro do que manter um atual.

Assim, independentemente do ramo, trabalhar com estratégias de fidelização de clientes faz todo o sentido -  e isso não é diferente quando falamos de transportadoras. Afinal de contas, garantir a recorrência pode ser o seu diferencial em um mercado tão competitivo.

É sobre isso que vamos tratar agora, mostrando como você deve agir para fazer da fidelização um ativo importante para a sua transportadora. Confira.

A importância de fidelizar clientes para a empresa

Em termos gerais, trabalhar com fidelização tende a gerar frutos no médio e longo prazos. Isso é fundamental, já que diminui a necessidade do negócio de estar sempre prospectando novos clientes.

Com uma política de fidelização bem definida, você se apoia na confiança que as pessoas já têm com a sua marca para alcançar resultados.

É por isso que, entre as empresas que investem pesado em programas de fidelização, estão algumas gigantes do mercado. Elas sabem da dificuldade de estar sempre em busca de renovação da sua carteira de clientes.

Vantagens de fidelizar clientes

Entre outros benefícios de fidelizar clientes, podemos citar o famoso Retorno sobre o Investimento, ou ROI. A fidelização gera recorrência e, quando ela acontece, o esforço que você teve para conseguir a primeira venda tende a ser significativamente menor nas seguintes.

Pense no caso de uma transportadora que, em vez de fazer um serviço pontual, oferece soluções vantajosas para seus clientes que podem atendê-los ao longo dos próximos meses. Na prática, mesmo que deixe de ganhar o valor ideal pelo serviço, ela está criando uma relação duradoura. Essa pode ser uma estratégia de parceria contínua, por muitos anos.

Além disso, é preciso citar a vantagem de estar sempre agradando o cliente. Fato é que qualquer empreendedor sabe que precisa ter uma carta na manga. Clientes, da mesma forma que consideram os valores que você pratica, também fazem o mesmo com a concorrência. É por isso, também, que um plano voltado para a fidelização pode ser um diferencial do seu negócio.

Outro ponto a ser destacado: com uma política de fidelização bem-sucedida, a tendência é que a sua empresa seja recomendada para novos clientes. Faz sentido, não? Você entrega algo benéfico para alguém que está tentando crescer e, como forma de reciprocidade, essa pessoa indica seus serviços para outros empresários parecidos. Em resumo, isso dará à sua empresa condições para ocupar um espaço cada vez maior no mercado.

É importante que a sua empresa consiga se conectar com seus clientes a ponto de, a cada vez que eles pensarem em uma necessidade, seja a ela que vão recorrer. Isso é algo que gera protagonismo no mercado, mas que só é alcançado por organizações realmente eficazes naquilo que fazem. A boa notícia é que, para conseguir essa condição, basta tomar as atitudes certas.

O programa de fidelização de clientes

A fidelização acontece quando você consegue reter clientes, ou seja, quando um consumidor que já comprou de você decide fazer negócio novamente. Já um programa de fidelização é uma iniciativa que a sua empresa pode ter no sentido de estimular essa recorrência.

Existem inúmeros exemplos de programas de fidelização de clientes, nos mais diversos segmentos. A lógica é muito simples: crie um incentivo para o seu cliente, algo que o estimule a comprar mais vezes de você. Havendo um objetivo a ser alcançado, isso costuma ficar mais fácil.

No caso de uma transportadora, é possível, entre outras soluções, oferecer valores diferenciados a cada número "x" de entregas realizadas, ou ainda, criar seu próprio programa de pontos. Nesse caso, vale a pena seguir o modelo das milhas aéreas, mas sempre de acordo com a realidade e as possibilidades do seu negócio.

Em resumo, é importante pensar em uma estratégia para fidelizar clientes sempre em função dos benefícios que você tem como oferecer.

3 elementos essenciais para diferenciar a sua oferta

No geral, é importante entender que, se você pretende vender algo, não é só o preço que pode distanciar você da concorrência e fidelizar clientes. Além dele, é necessário considerar, também, um atendimento e qualidade.

Em resumo, são 3 os elementos a serem considerados:

  • preço;
  • atendimento;
  • qualidade.

A regra é se concentrar naquilo que a sua empresa pode entregar, de preferência, se diferenciando do que a concorrência pratica.

Assim, se por exemplo, seu principal concorrente oferece preços muito baixos, possivelmente, esta é a contrapartida para um problema na qualidade do serviço que ele oferece. Logo, você pode criar uma estratégia para qualificar ainda mais os seus serviços. Assim, mesmo cobrando um pouco mais caro, a tendência é que seu trabalho seja associado a algo melhor. A consequência disso é que, mesmo que um cliente opte pelo rival, a cada falha nas entregas dele, você será lembrado como uma solução.

Pensando em um cenário em que não é possível melhorar preço ou qualidade em relação ao concorrente, você pode se concentrar no atendimento para, em função disso, fidelizar clientes. É o que fazem empresas como a Starbucks, por exemplo, que têm no atendimento o seu maior ativo.

A dica é você procurar meios para otimizar cada um desses 3 elementos na sua empresa sempre que for identificada uma brecha no mercado. Para tanto, faça uma análise simples, comparando a sua realidade com a da concorrência para identificar qual elemento poderá ser seu diferencial para fidelizar clientes.

6 formas de fidelizar clientes com a logística

Entendendo como funciona, chegou a hora de você saber o que costuma dar certo na busca por fidelização de clientes na logística. Em resumo, algumas práticas são simples de serem adotadas e cabe a você fazer o mínimo para que elas se tornem diferenciais no seu negócio.

Entretanto, outras são mais complexas e exigem maior investimento. De qualquer forma, também vale a pena ficar de olho nelas, caso exista uma brecha significativa no seu mercado. Até porque, a simples existência dessa brecha representa uma ameaça, já que mesmo que o seu concorrente não ocupe esse espaço, existe a possibilidade de outras empresas resolverem aquele problema do cliente.

1. Qualifique seus serviços

A base para um negócio de sucesso está sempre na qualidade oferecida para o cliente. É preciso pensar em formas de superar suas expectativas para gerar fidelização. Para tanto, faça uma análise mais profunda da sua logística e garanta que ela esteja em dia.

Avalie seu estoque, questões como as demandas e a preparação da equipe. Métodos e qualidade de armazenamento, transporte e até estratégias de comunicação também devem ser sempre revisados para que tudo esteja de acordo com as exigências.

2. Pense na velocidade das entregas

A transportadora precisa ser ágil nas entregas. Se um cliente compra em um e-commerce, ele, naturalmente, estima o tempo necessário para receber o produto. Principalmente em se tratando de algo de valor. Por isso, é importante que o elemento central no trabalho da transportadora seja a velocidade nas entregas.

Isso não quer dizer que seus motoristas devam correr nas estradas, mas sim que é preciso preparar toda uma estrutura logística na qual os veículos recebam a devida atenção, as rotas considerem os melhores percursos e, claro, que todo o processo seja otimizado com recursos tecnológicos, compreendendo desde o pedido até a entrega.

3. Saiba definir o seu preço

Este não é o único elemento a ser considerado, mas ele também é importante. Pensar na formação de preços é algo que deve ser feito de maneira estratégica.

É evidente que o preço mais baixo fideliza clientes, mas se esse valor não considerar critérios, ele pode representar um problema. Por isso, é importante observar a sua cadeia logística. Faça uma análise de cada etapa da sua entrega e registre os valores.

Caso, dentro da sua estratégia, seja interessante diminuir o preço para atrair e fidelizar clientes, opte por renegociar com os fornecedores. Procure os valores que estão acima das suas possibilidades, mas tenha sempre cuidado com relação à qualidade que será entregue no final do processo.

4. Crie confiança no serviço que você presta

Uma boa maneira de fidelizar clientes é atacando um problema bastante comum nos dias de hoje: a falta de confiança nas empresas. Como fazer isso? No caso dos serviços logísticos, emita sinais de que você é diferente. Exemplo disso é oferecer o monitoramento de mercadoria e deixar claras quais são as etapas da entrega. Esse tipo de comprometimento é essencial para eliminar objeções.

É nesse sentido que o atendimento que sua empresa presta ao cliente precisa ser protagonista do processo. É preciso que, na sua oferta, as soluções fiquem bem evidentes e que, no dia a dia, a experiência do cliente seja facilitada justamente porque ele pode confiar em você.

5. Coloque a segurança como prioridade

Soluções como tecnologias de gerenciamento de riscos no transporte de cargas, GPS, computador de bordo, entre outras, também são importantes quando se quer fidelizar clientes. Isso porque os consumidores querem saber que garantias a sua empresa dá de que aquilo que foi pedido será entregue não só no tempo certo, mas também em total segurança.

Pense no prejuízo de ter sua carga roubada. Mesmo que o cliente seja ressarcido, dependendo do pedido que foi feito, ele pode nunca mais confiar na sua empresa. Por isso, investir em segurança é fundamental.

6. Valorize o ciclo de confiança

Por fim, não pense que apenas criando uma estratégia você já tem como garantir a fidelização desejada. O fato é que esse deve ser um processo contínuo, as soluções devem ser constantemente revistas e novas propostas precisam de espaço.

Perceba, também, a importância de estar sempre de olho em como concorrência atua: ela deve ser a sua principal referência em relação ao que fazer para se diferenciar.

Conclusão

Existe toda uma lógica por trás de empresas que conseguem fidelizar clientes. Em resumo, elas sabem que é preciso ir além de oferecer um bom preço, e, por isso, estão sempre em evidência.

Uma análise aprofundada a respeito não só do que a sua transportadora pode oferecer, mas também de tudo o que a cerca é fundamental. Com isso, você passa a ter base para tomar decisões e, assim, criar diferenciais de mercado. Quando pensamos em fidelização de clientes, qualquer ação deve ser em função desse entendimento.

Existem empresas que se encontram em diferentes estágios no mercado em que atuam. Isso também precisa ser considerado quando você pensa em fidelização de clientes. No caso de uma transportadora já consolidada, vale a pena elaborar estratégias, como o programa de pontos, para garantir que seus atuais clientes retornem.

Já empresas que ainda não contam com um público fiel, talvez o mais importante seja investir em divulgação, usando as estratégias de fidelização para atrair novos clientes.

De toda forma, pensar na fidelização com atenção é essencial para qualquer negócio. Comece a fazer isso e espere para ver os resultados aparecendo.

Entendeu como fidelizar clientes na sua transportadora? Então, não perca tempo e confira também boas práticas para a redução de avarias na logística.

 

OnBlox é uma empresa de desenvolvimento de softwares para gerenciamento logístico.

Deixe seu Comentário

Informações

Se você deseja conhecer mais sobre nossos produtos, ou simplesmente fazer uma visita ao nosso escritório, fale conosco através do formulário de contato.