Gestão de estoque e armazenagem: entenda a diferença

Saiba como lidar com gestão de estoque e armazenagem na sua empresa e garantir processos mais eficientes.

Você, provavelmente, já deve ter usado estoque e armazenagem como sinônimos, e isso é bastante comum dentro das empresas. Entretanto, pensando na política de reposição de itens, o fato é que quanto maior o nível de detalhamento na forma como avaliamos os processos, melhores tendem a ser os resultados.

Consequentemente, entender gestão de estoque e armazenagem como não sendo sinônimos, e saber exatamente como se dá essa diferenciação, é algo que permite sofisticar a forma de lidar com o tema a ponto de gerar maior eficiência para a empresa.

Acompanhe.

A diferença entre gestão de estoque e armazenagem

Do ponto de vista técnico, a armazenagem corresponde ao ato de armazenar produtos e mercadorias visando as necessidades empresariais. Estocagem, por sua vez, diz respeito à criação de estoque para a companhia.

Parece a mesma coisa, não é? Pois perceba que a estocagem diz respeito a algo que está inserido na armazenagem, ou seja, ela é uma atividade dentro dela. No fim, podemos entender a armazenagem como um conceito mais amplo, enquanto a estocagem já é mais específico.

E por que essa diferenciação é interessante? Porque enquanto as atividades de gestão de estoque controlam tudo o que abastece a linha de produção e a disponibilização dos produtos para a venda, a gestão de armazenamento é de natureza mais operacional, tendo a ver com o recebimento de mercadorias, a devida separação dos produtos e alocação adequada, além da consolidação dos pedidos, entre outros.

Compreendendo isso, o gestor tem como investir na sofisticação desses dois diferentes tipos de necessidades empresariais, tendo, assim, como agilizar processos e qualificar a ação empresarial.

Gestão de estoque e armazenagem: o que é mais importante?

Como visto, gestão de estoque e armazenagem não são a mesma coisa. E isso fica mais evidente quando entramos mais a fundo nas práticas de cada um desses processos. Perceba que em termos de dinamismo, existe uma diferença: enquanto a armazenagem remete a algo mais dinâmico, o estoque naturalmente precisa ser mais estático.

Isso acontece porque os diferentes processos que envolvem a movimentação de mercadorias exigem da armazenagem maior flexibilidade, com os responsáveis atuando com rapidez e controlando as movimentações em um ritmo mais intenso do que no controle do estoque.

Além disso, quanto à estrutura, é importante notar que a armazenagem exige uma organização mais completa, envolvendo não só os espaços dos armazéns, mas também recursos, tais como empilhadeiras, prateleiras, paletes, entre outros, o que faz com que envolva maior grau de complexidade do que o estoque.

Já em termos de abrangência, a armazenagem compreende funções como o recebimento dos itens, sua imediata conferência, a própria estocagem, a retirada do estoque, o processo de embalar os produtos, a expedição e uma série de outras ações voltadas para a movimentação de mercadorias pela empresa.

Em resumo, o estoque faz parte de uma complexa rede de funções que se inserem dentro da estrutura de armazenagem. Assim, olhando para a armazenagem de maneira a procurar meios para fazer com que ela funcione melhor, o estoque aparece como uma das soluções de aperfeiçoamento empresarial, muito embora figure entre as mais importantes.

Consequentemente, nessa relação, não há como colocar o estoque acima da armazenagem e vice-versa em termos de importância. No fim, ambas representam um conjunto de medidas que precisam ser consideradas dentro de uma política de controle de itens empresariais eficiente.

O que é a estocagem e como isso impacta as atividades

A guarda das mercadorias para a empresa dentro do estoque pode ser feita de maneira temporária ou permanente, e compreende produtos prontos ou semiacabados, além de matérias-primas. Nele, são depositados itens para atividades dos mais diversos tipos, sendo a estocagem, do ponto de vista técnico, apenas o ato de acumular itens em estoque.

O processo de estocagem geralmente envolve matéria-prima para o processo produtivo, mercadorias para distribuição e produtos prontos para venda.

Quando pensamos em meios para melhorar a prática com o estoque, geralmente nos referimos a métodos de gestão de estoque.

O que é a armazenagem e de que formas ela aparece no dia a dia

Além da estocagem, a armazenagem compreende, também, uma série de outras atividades, como os processos logísticos ligados à distribuição, a retirada de itens, a expedição de produtos, entre outros.

Em resumo, a armazenagem é tudo aquilo que é feito nos pontos de distribuição das empresas, em ambientes como depósitos e almoxarifados. Assim, é possível pensar na armazenagem como um sistema responsável por manter o estoque, fazer o deslocamento das mercadorias e atender às demandas de fábricas, lojas e consumidores.

Por se tratar de algo mais amplo, a melhor maneira de aperfeiçoar a armazenagem é adotando medidas, como a automatização dos processos e a codificação dos itens.

Leia também → Como usar FIFO, FEFO E LIFO  no controle de estoque

Gestão de estoque e armazenagem no ambiente empresarial

Sobre gestão de estoque e armazenagem, entendendo que o segundo é algo mais amplo do que o primeiro, podemos concluir, também, que o cuidado com a armazenagem envolve procedimentos diferentes do controle de estoque.

A realidade é que a armazenagem é um processo que exige um maior envolvimento com diferentes setores e com o ciclo operacional. Pense no caso de uma indústria, na qual existe toda uma estrutura física com suas particularidades e pessoal especializado para as diversas atribuições. Agora, considere a quantidade de procedimentos que isso envolve, o trabalho com cálculos, inventários e controle.

Até por conta disso, o dinamismo da armazenagem precisa ser maior do que na estocagem. De qualquer forma, gestão de estoque e armazenagem precisam ser otimizados, mas justamente por conta da necessidade de ser mais dinâmico é que o sistema de armazenagem merece especial atenção. É com seu bom funcionamento que a empresa tem como garantir:

  • o devido recebimento de itens, bem como sua devida identificação;
  • a separação e endereçamento corretos, visando a formação do estoque;
  • a melhor estocagem, de acordo com a alocação adequada;
  • a entrada e a saída dos itens para atendimento dos pedidos;
  • a embalagem para entrega e distribuição;
  • a expedição de pedidos e registros operacionais.

Como aperfeiçoar a gestão de estoques

O ideal é que a gestão de estoque seja aperfeiçoada em função de uma abordagem mais administrativa, o que tem a ver com capacidade do gestor de liderar a partir de tomadas de decisão mais qualificadas para o negócio. Algumas práticas nesse sentido são as seguintes.

Adote recursos tecnológicos avançados para o estoque

Um sistema de gestão simplifica o trabalho com informações e otimiza a administração de materiais. Em relação ao estoque, é ele que pode fazer com que o trabalho com os registros se torne seguro o bastante para garantir precisão às movimentações da empresa.

Assim, os custos e a própria velocidade na reposição de itens passam a se tornar diferenciais de um projeto bem-sucedido.

Se você precisa de uma única dica para melhorar sua gestão de estoque, é contar com a tecnologia para automatizar processos na sua empresa.

Pense na atualização do inventário

O devido controle dos itens em estoque permite que a gestão tenha maior tranquilidade na hora de fazer o planejamento de qualquer ação, pensando na gestão de estoque e armazenagem como um todo. E isso faz toda a diferença!

Como a contagem manual de cada item pode se tornar impossível de acordo com o porte da empresa, o ideal é contar com soluções que automatizem esse processo, até porque os sistemas apresentam um diferencial – que é amenizar a incidência de erros ocasionados por falha humana.

→ Clique aqui e saiba como fazer um inventário de estoque

Repense suas formas de negociação

A relação que você constrói com seus fornecedores pode mudar a sua empresa de patamar a partir de uma abordagem mais inteligente em relação à gestão de estoque e armazenagem.

Para isso, é preciso se organizar e ter como apresentar diferenciais nas negociações. Um exemplo está na proposta de manter o estoque enxuto, trabalhando com um inventário menor e se programando para fazer as compras apenas quando houver necessidade. Para que essa abordagem funcione é essencial contar com informações precisas a respeito não só dos itens presentes no estoque, mas também da necessidade de reposição, o que sugere o uso de soluções tecnológicas avançadas.

Como aperfeiçoar a gestão de armazenagem

Gestão de estoque e armazenagem são dois processos importantes para a empresa, mas pensando especificamente nas ações voltadas para a melhor armazenagem, podemos pensar que quando ela é feita de maneira adequada, permite um fluxo operacional aperfeiçoado para a empresa. Assim, tanto os recursos passam a ser melhor utilizados quanto as entregas se tornam mais rápidas. Consequentemente, a presença empresarial no mercado tende a se qualificar.

Para tanto, é preciso investir na melhora dos procedimentos de rotina, tais como.

A questão do layout

Por layout entendemos a organização dos espaços para os produtos e recebimentos. O processo de armazenagem tem uma característica operacional, portanto, pensar nos critérios para esse tipo de prática é fundamental e isso gera dinamismo para a empresa. Basta adequar o espaço físico às características dos materiais que ali serão abrigados.

Algumas medidas indicadas são:

  • a realocação dos itens de acordo com a demanda para facilitar o manuseio;
  • a revisão do distanciamento entre prateleiras estabelecida em função da natureza dos itens;
  • maior a atenção às características dos produtos pensando no recebimento deles.

A automatização

É preciso ganhar tempo tanto na separação de produtos quanto na consolidação das cargas para transporte. Equipamentos como empilhadeiras e elevadores precisam ser pensados dentro dessa lógica.

Investir em automatização, além de modernizar a operação da sua empresa, também é algo que diminui a carga sobre a equipe, a partir de soluções como o uso de esteiras para a retirada dos itens.

A codificação de itens

Outra boa medida é investir em formas de simplificar a identificação dos itens classificando todo o estoque. Existem soluções avançadas que podem fazer isso de maneira muito mais intuitiva para a sua empresa, colaborando assim para a melhoria dos processos operacionais.

Com a padronização você pode registrar e localizar mais facilmente dados como nomes dos fabricantes, do produto, suas características, entre outros.

A importância de um sistema para gestão de estoque e armazenagem

No geral, sempre que você pode automatizar processos dentro da sua empresa, precisa fazer isso com critérios, de modo que a simples adoção de recursos sofisticados não represente uma complexidade maior para a sua empresa, e sim, o contrário, representando a possibilidade de você simplificar ações que sua equipe já realiza e tornar o fluxo produtivo otimizado.

Assim, a lógica para a implementação de qualquer solução dessa natureza pensando na gestão de estoque e armazenagem deve ser a avaliação da dinâmica do seu negócio e consequente busca por recursos confiáveis, que realmente tenham como melhorar processos a partir de uma inserção pontual na realidade da empresa.

É nesse sentido que o uso de um sistema para a gestão deve ser considerado. Ele é o recurso mais indicado para que você tenha como fazer do trabalho com a coleta de dados e posterior transformação deles em informação, um aliado importante para o sucesso do seu negócio. Quando você consegue implementar a tecnologia de maneira precisa no seu empreendimento, consegue gerar agilidade nos processos, redução de custos e maior controle.

WMS é pra mim? Assista ao vídeo abaixo e descubra!

Como pensar em estratégias de gestão de estoque e armazenagem

Principalmente no que diz respeito à logística, é importante que a empresa conte com estratégias para fazer da boa gestão de estoque e armazenagem um diferencial para o seu negócio. Aqui, a ideia é que os locais de guarda e movimentação dos itens sejam formatados de acordo com as necessidades das principais operações. De maneira geral, é preciso pensar no layout de maneira que a movimentação possa ser simplificada. Tenha em mente que a melhor estratégia nesse sentido, depende das características da sua empresa.

É possível pensar na chamada “estratégia de forma”, por exemplo, na qual o trabalho é realizado no sentido da criação de produtos, de maneira que a armazenagem fique na base da transformação das matérias-primas no produto final. Assim, as partes vão sendo estocadas de forma a se unirem e formarem o produto.

Já com a “estratégia de tempo”, o foco está na otimização do tempo das operações realizadas no armazém. Na “estratégia de lugar”, por sua vez, é importante pensar na forma como se dará a movimentação das partes no processo de armazenagem, tendo a locomoção o protagonismo dentro do conjunto de atividades.

No geral, tudo depende da capacidade da gestão de enxergar aquilo que pode ser mais adequado para as necessidades do seu projeto.

Que tal avaliar sua logística gratuitamente? Clique aqui!

Porque se preocupar com gestão de estoque e armazenagem

No geral, tanto a estocagem quanto a armazenagem de materiais permitem o ganho de eficiência no processo produtivo empresarial, além de melhorar a segurança dentro da fábrica. Isso porque esses processos permitem:

  • a otimização da mão de obra, por concentrar as ações em pontos específicos da organização;
  • o melhor uso do espaço físico da fábrica, com a criação de áreas apropriadas para o armazenamento, considerando as exigências de cada processo;
  • o adequado aproveitamento de recursos como ferramentas e energia, atendendo à demanda por reserva de unidades;
  • a melhor proteção dos ativos da empresa, a partir de um melhor controle e redução de perdas;
  • a definição do local específico para destino dos itens, o que facilita o acesso e dá maior dinamismo ao trabalho produtivo;
  • a redução de custos a partir de um ganho de eficiência nos processos de fabricação.

De uma maneira geral, pensar em melhores formas de lidar com gestão de estoque e armazenagem na sua empresa é uma maneira de criar diferenciais de mercado a partir de ações que se concentram em etapas anteriores à entrega dos produtos aos clientes.

A realidade é que investindo em soluções capazes de aperfeiçoar o recebimento de itens, controlar adequadamente sua gestão e otimizar tudo o que diz respeito a essa reposição, você tem como gastar menos nos “bastidores” da sua organização empresarial, criar uma rotina mais racional e, consequentemente, se apresentar como uma empresa mais avançada dentro do mercado no qual atua.

Vantagens de planejar ações de gestão de estoque e armazenagem

Como visto ao longo do texto, de maneira geral, gestão de estoque e armazenagem são importantes para a empresa que se preocupa em organizar suas ações com eficiência. Por isso, se você busca meios para planejar adequadamente o controle de processos na sua empresa, otimizando tanto a armazenagem quanto o estoque, então é importante pensar em como planejar essas ações.

É no planejamento que você pode orientar a sua equipe, pensar em novas estratégias para lidar com as movimentações e até investir em soluções capazes de dar maior dinamismo às atividades.

Com o planejamento você tem como:

  • aperfeiçoar a mão de obra disponível e o uso de seus equipamentos;
  • registrar e controlar melhor as movimentações de mercadorias, evitando assim desperdícios e garantindo maior lucratividade;
  • recorrer a soluções como o uso de sistemas que podem, entre outras melhorias, simplificar a distribuição de itens e fazer com que os pedidos sejam entregues com maior eficiência;
  • garantir um melhor uso dos espaços disponíveis.

Por fim, diferenciar gestão de estoque e armazenagem é o primeiro passo para a criação de processos mais avançados dentro da sua empresa. Quer saber mais sobre como aperfeiçoar sua organização? Então confira como usar a curva ABC para a gestão de estoque e comercial.

OnBlox é uma empresa de desenvolvimento de softwares para gerenciamento logístico.

Deixe seu Comentário

Informações

Se você deseja conhecer mais sobre nossos produtos, ou simplesmente fazer uma visita ao nosso escritório, fale conosco através do formulário de contato.